Novo recorde! Robô resolve cubo de Rubik em tempo inacreditável

cubo-rubik capa

Sabe o cubo de Rubik? Mais comumente conhecido por aqui como cubo mágico, este brinquedo foi inventado por um húngaro chamado  Ernő Rubik em 1974 e virou um ícone na década de 80. É fácil encontrar alguém que já tenha brincado pelo menos uma vez com este quebra-cabeças cúbico, mas não é tão fácil assim encontrar alguém que o tenha resolvido.

Segundo aquela ciência comumente chamada de matemática, em um cubo de Rubik normal (com cada lado dividido em 9 partes) o número de combinações possíveis é de, pasmem os senhores:

 

{{8!\cdot 12!\cdot 3^{7}\cdot 2^{{11}}} \over 2} = 43 252 003 274 489 856 000, veja como se chegou a este número aqui.

 

Ou seja, 43 quintilhões, 252 quatrilhões e uma merreca de possibilidades. Se pegássemos esta quantidade em cubos de Rubik, seria possível preencher todo o planeta Terra 275 vezes , produzindo uma enorme pilha colorida de aproximadamente 20 metros.

Os seres humanos ao longo dos anos tem lutado contra o relógio com o intuito de saber quem consegue resolver o cubo de Rubik no menor tempo possível. Atualmente o recorde pertence a um americano chamado Lucas Etter que conseguiu tal façanha no último campeonato em 2015. O tempo de resolução? Apenas 4.9 segundos. Aposto que você não consegue passar em um teste Captcha neste tempo.

Mas estamos em 2016! Já sabemos, sem constrangimentos, que os robôs são melhores que nós. Eis que em uma feira em MunichInfineon, uma empresa alemã de tecnologia, apresentou seu robô “Sub1 Reloaded” que resolveu o cubo de Rubik em 0.637 segundos. Isso mesmo, em menos de 1 segundo.

 

 

É necessário muito poder computacional para resolver um puzzle tão complexo. No caso do ‘Sub1 Reloaded’ um microcontrolador nosso, da família AURIX™  similar àquele que nós usamos nos sistemas de veículos autônomos, é que controla os motores dos braços mecânicos“.

 

Toda a resolução começa com o apertar de um botão. Câmeras sem suas objetivas servem como sensores que permitem ao computador detectar como o cubo esta embaralhado.  Depois disso, a máquina determina qual é a solução mais rápida de acordo com a forma que o cubo se encontra e comando seis braços mecânicos que movimentam os lados do cubo para resolver o quebra-cabeça. Tudo isso em 0.637 segundos.

 

Cubo de Rubik robô

 

Matemáticos e o Google criaram um algoritmo ótimo que pode resolver qualquer cubo de Rubik com apenas 20 movimentos. Contudo, o Sub1 Reloaded calcula não uma forma de resolver com menos movimentações, e sim a forma mais rápida para tanto.

Depois disso tudo você pode estar se perguntando: Para que!?

 

Poderíamos aqui responder que foi para provar que era possível, ou porque é legal (e estaríamos certos). Porém o real intuito da Infinion era promover sua família de microcontroladores voltados para carros autônomos. Já que em um cenário de trânsito real é necessário um tempo de resposta extremamente rápido a estes sistemas, nada melhor do que provar o poder computacional e rapidez num teste como o do cubo de Rubik.

Parece que eles conseguiram, e em alto estilo Geek!

Abraços

Comentários

Comentários

Be the first to comment

Leave a comment

Your email address will not be published.


*