Desculpe o transtorno mas precisamos falar sobre Luke Cage!

Primeiro peço desculpas pelo site ter diminuído muito a quantidade de post, mas infelizmente a equipe teve alguns pequenos contra tempos, mas fiquem tranquilos, o projeto Os Vilões segue firme forte no seu intuito de dominação mundial, já que me desculpei pelo transtorno vamos falar da série que me facinou, Luke Cage.

Nessas centenas de post que já foram postados nesse humilde blog, muitos deles já exaltamos a Netflix e mostramos como a mesma é maravilhosa, mas essa empresa nunca para de surpreender com sua parceira com a Marvel, primeiro eles entregaram uma das melhores séries baseada em HQ, Demolidor, depois entregaram uma série com um dos melhores vilões do universo Marvel até agora nos filmes e série da Marvel, Jessica Jones, e agora eles surpreenderam a todos com a série baseada na HQ do Luke Cage.

Luke Cage já era um personagem conhecido nesse novo universo da Marvel, que está ligando os filmes com as séries e que diga-se de passagem um trabalho espetacular, pois teve uma participação fundamental na primeira temporada de Jessica Jones, entretanto a Netflix junto com a Marvel mostram como podem ser versátil e fazer algo novo, criativo e original. Luke Cage teve tudo que uma série baseado em heróis em quadrinho tem que ter, mas a produção foi muito mais além e tocaram em um assunto que muitas vezes são ignorados em outras mídias, que é o racismo, e digo, está série foi um soco na cara do racismo, mostra bem como são tratados e manipulados por bandido os negro e outros descendente de imigrantes que são pobres.

A série se passa logo apos os eventos de Jessica Jones, onde nosso herói só quer viver uma vida normal, mas como diria o Tio Bem, “Com grandes poderes vem grandes responsabilidades”, e a confusão vai de encontro a Luke Cage. A série tem um elenco maravilho e com isso os personagem secundários conseguiriam brilhar, o Barbeiro Pop, Misty Knight e a enfermeira Claire Temple que já é uma velha conhecida, foram um show a parte.
Não quero dar spoilers da série, então a única coisa que falarei sobre o vilão da história, ou melhor os vilões da da trama, pois no plot da série não é só um vilão são vários e inclusive um deles é próprio racismo.

“everybody wants to be the king”

Como disse a série Luke Cage é diferente de todas a séries baseadas em HQ, nela é bem retratada a vida no Harlem, e não poderia faltar na série o basquete, o soul, o rap e religiosidade dos negros. Está série simplesmente me fascinou com sua simplicidade, e referências sobre os vingadores e a outras séries são discretas e não são forçadas, com isso é fácil de entender o que está acontecendo por ali.

Ps.:Depois de assistir Luke Cage, nunca mais convidar alguém para beber um café nunca mais terá o mesmo sentido.

Que tal beber um café?

Que tal beber um café?

Grande Abraço
Rafael

Comentários

Comentários

Be the first to comment

Leave a comment

Your email address will not be published.


*