Quanto valemos? E se víssemos o corpo humano como uma commodity?

Commodity Capa

Quanto você vale? Está é uma pergunta um tanto estranha. Eu valho muito(eu e minha mão achamos isso), e ouço algumas pessoas dizerem que tem gente que não vale nada!

O fato é que a vida, e neste caso específico a vida humana, não tem preço. Mas e se conderarmos o corpo humano (o hardware) e seus órgãos como commodities, será que conseguiremos ao menos determinar um valor absoluto de mercado? Com esta esquisita, polêmica e curiosa metodologia que apresentamos o infográfico abaixo que traz informações fascinantes sobre o corpo humano do ponto de vista científico.

Foram levados em consideração os preços de partes do organismo com a finalidade de transplantes, exibição para o público/comunidade médica e previsões sobre o mercado negro (Eita!).

Além disso, nosso organismo apresenta, mesmo que em baixíssimas quantidades, metais preciosos como ouro e platina (calma, é bem pouco mesmo).

Sem mais lenga lenga:

 

Corpo humano

 

Fascinante não?! Com o câmbio do jeito que está, os brasileiros estão meio desvalorizados! :/

 

Abraços

 

Fonte: Buddy loans

Comentários

Comentários

Be the first to comment

Leave a comment

Your email address will not be published.


*