ISIS se preocupa com o sigilo das informações…nem sempre dá certo

Stupid Terrorista

Após os ataques terroristas ocorridos na Europa e na África, a agência de inteligência dos Estados Unidos (a famosa CIA), veio novamente a público atacar à Apple e ao Google devido às novas versões do iOS e Android facilitarem a encriptação dos dados de seus usuários.
Segundo a agência, as mencionadas empresas possuem sangue em suas mãos pois estas, ao não disponibilizarem backholes (brechas) em seus sistemas que possibilitassem a fácil captura e decriptação dos dados e comunicação dos usuários de seus sistema, acabaram colaborando de certa forma para o sucesso dos ataques terroristas.

A preocupação é tanta que o Senado americano está discutindo um projeto de lei que tem em tese a finalidade de permitir que as empresas compartilhem entre si e com as agências de segurança os dados sobre ataques hackers sem a preocupação de sofrer processos por estas atividades. Entretanto, parece que a real finalidade é obrigar as empresas e provedores a transmitirem informações sobre seus usuários às agências do estado quando estas requiserem.
A CIA bombardeou a mídia com a história que o ISIS vem usando criptografia e outros métodos de segurança para evitar sua descoberta e rastreabilidade.

 

cia

 

Esse embate reaquece a polêmica sobre o quão válido é o ataque à privacidade do cidadão comum a fim de se evitar atitudes bárbaras como as ocorridas. Além disso, será que realmente há uma preocupação do ISIS com o sigilo de suas comunicações mostrando que o terrorismo realmente se “profissionalizou “?

Ao que tudo indica sim. Pesquisadores em conjunto com o “Combating Terrorism Center at West Point” descobriram um guia, e outros documentos, de 34 páginas sobre segurança digital que o ISIS disponibilizou e determinou que seus recrutados seguissem. Estes documentos foram descobertos em contas de redes sociais de terroristas, fóruns e salas de chat. A maioria dos documentos estava em Árabe mas o centro disponibilizou uma versão traduzida.

O guia demonstra inúmeros métodos de se manter anônimos, irrastreáveis e garantir o sigilo das informações.
Dentre as orientações determina que se deva evitar o uso do Instagram por conta de sua ligação com o FaceBook, que sabidamente apresenta problemas com a privacidade de localização. O Dropbox possui orientação específica devido às denuncias feitas pelo Edward Snowden quanto aos vazamentos de informação. Indica tambpem o uso da rede Tor, etc. etc.
Foi levantado que este guia foi criado há alguns anos inicialmente para orientar jornalistas e ativistas políticos que estivessem em território controlado para garantir a segurança pessoal tornando as informações veiculadas irrastreáveis e sigilosas.

Com toda essa segurança dos dados realmente fica muito difícil, ou quase impossível, interceptar informações que permitam prever e evitar ataques.

Felizmente para a humanidade a estupidez humana está também implantada no ISIS. Não adianta um algoritmo criptográfico seguro, o uso de redes anônimas, etc se sua senha é: fuckusa (ou algo do gênero) ou mesmo se você não se importa em usar qualquer tipo de criptografia. Nao é incomum casos bizarros como o do loser Mark John Taylor:
O aprendiz de terrorista trapalhão, oriundo da Nova Zelândia (!!) postou 45 tweets com fotos de suas atividades terroristas ultra-secretas nas unidades do ISIS através de seu iPhone(!!!),  só que este se esqueceu de desativar a geolocalização (!!!!!).

stupid
Ou seja, foi simples para os países da coalisão setar meia dúzia de flags na encomenda ao ISIS chamada Bomba.

Fora esse caso cômico, de acordo com o Le Monde, investigadores franceses localizaram o esconderijo de alguns suspeitos esta semana aparentemente usando dados de um celular abandonado, por um dos atacantes, em uma lixeira do lado de fora da boate Bataclan. As autoridades rastrearam os movimentos do celular nos dias anteriores aos ataques o que os levaram a um esconderijo nos subúrbios de Paris onde houve um intenso tiroteio culminando na morte dos suspeitos. Segundo informações, estas pessoas estavam planejando um segundo ataque esta semana à cidade.

O assunto está longe de terminar. Com a comoção dos atentados, a discussão sobre a quebra da privacidade dos cidadãos para descobrir e evitar atendados terroristas e outros crimes está longe de terminar.

Qual é a sua Opinião?

 

Comentários

Comentários

Be the first to comment

Leave a comment

Your email address will not be published.


*